5 passos para você ter um Intestino Relóginho


⏰Sabe qual o problema de não ter um intestino reloginho?

Um negócio que era para ser despachado, porque não deixa de ser um lixo, fica um tempão a mais dentro de você. E o problema disso?


1️⃣ Na parte final do intestino acaba sendo reabsorvida a água que foi andando junto. Se você já não toma água vai reabsorver o que, né?! Então vai ficar mais dificil ainda para sair.


2️⃣ Para se formar o bolo fecal a gente precisa de fibra. As fibras ajudam fisicamente no trânsito intestinal e também auxiliam para que os carboidratos e gorduras demorem um pouco mais para serem absorvidos. Se nossa dieta é pobre em fibras a gente vai demorar bem mais para formar o cocô.


3️⃣ Tem também as fibras certas (prébióticos) que vão servir de alimento preferencial para as bactérias do intestino.


4️⃣ O carboidrato refinado tem muito pouco resíduo, logo demora muito mais para formar o cocô. Já a carne ela demora muito mais para ser digerida e absorvida. E nesse processo acaba fazendo com que uma população de bactérias não tão legais aumente. Nesse caso pode ter aquele problema com gases fedidos.


5️⃣ As bactérias probióticas são as moradoras do nosso intestino e devem ser incentivadas a permanecer por lá pelo alimento adequado . Elas são responsáveis por produzir inúmeros subprodutos que auxiliam no corpo inteiro enquanto vão degradando as fibras da nossa alimentação. Consumo de iogurte, alimentos fermentados são muito importantes para repor essas bactérias.


Abraço,

Nutri Fer Scaravelli

CRN-3 66249/P

#nutricionistaitu #nutricionistavegetariana #nutriçãovegetariana #alimentaçãovegetariana #reeducaçãoalimentar #emagrecimento #plantbased #Itu #Sorocaba #votorantim #campinas #veganismo

#alimentaçãosaudável #reeducaçãoalimentar


1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo