Quinoa - É mesmo um super alimento?


Uma ótima alternativa para quem é vegetariano poder variar sua alimentação
Quinoa - O super alimento!

A quinoa é cultivada por indígenas e famílias que vivem na zona rural do Equador, Peru, Bolívia, sul da Colômbia, Chile e norte da Argentina e faz parte dos hábitos alimentares desses povos, sendo utilizada em diversas preparações culinárias desde os tempos dos ancestrais.


A quinoa é considerada um pseudocereal porque tem um valor de carboidratos (na forma de amido) de 60% e ainda possui um bom percentual de proteína (14-16%) com um bom balanço de aminoácidos. Essa proteína é

de qualidade elevada, pois é rica em lisina, histidina, metionina e aminoácidos sulfurados, que normalmente são deficientes em outros cereais, além da sua digestibilidade ficar em torno de 80%. Além disso tem um bom nível de minerais (potássio, cálcio, magnésio, fósforo, selênio, ferro e zinco, maiores que o do arroz e o do trigo).


Os grãos de quinoa podem ser utilizados sob a forma de farinha crua ou torrada, flocos, sêmola, pó instantâneo ou mesmo os grãos podem ser introduzidos em diversas preparações, como sopas, mingaus, pães, tortas, sobremesas, enriquecendo suas composições nutricionais, ou ainda substituindo o arroz cozido. Cabe aqui lembrar que o uso da farinha de

quinoa é restrito devido ao sabor amargo.


Por não ter glúten na sua composição a quinoa pode ser usada para participar de mix de farinhas sem glúten. E outra característica é que, por conta da ausência de glúten, ela possui uma baixa capacidade de fermentação.


O fitato presente na quinoa, forma complexos insolúveis entre minerais, especialmente entre o zinco e o ferro, prejudicando a biodisponibilidade desses micronutrientes. Portanto, é interessante fazer o processo de remolho antes de cozinhar (por um período de 1-2 horas).


Extremamente versátil, vai bem em várias preparações tanto doces quanto salgadas e ainda é uma boa opção para o pessoal que não consome glúten.

Para vegetarianos esse bom balanço de aminoácidos facilita muito a vida de formar uma proteína de alto valor biológico e sua fração de minerais é muito boa também.


Nenhum alimento sozinho resolve tudo. Portanto a quinoa pode sim ser considerada um superalimento, mas deve ser inserida em uma alimentação variada para que todo esse super poder seja bem aproveitado.


Abraço

Nutri Fer Scaravelli

CRN-3 66249/P

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo